Desgraça Pelada (D&D 5ª ed) - Bestiário Tropical pag. 086

Apoie também nosso projeto.


Uma criatura feminina e completamente nua aparece, trazendo consigo sua imensa feiura. Seu corpo é magro em alguns lugares e cheio de pelancas e sarnas em outros, com seios flácidos e o rosto coberto de rugas. Seus dedos são compridos e terminam em longas unhas curvadas e sujas. Ela tem orelhas grandes e caídas e seus dentes são tortos, exibindo um sorriso sinistro.


Esse tipo de criatura surge onde menos se espera, mas sempre convocada... por um palavrão. Desgraça Pelada é como são conhecidas. Elas são atraídas quando alguém, principalmente uma criança, diz heresias e palavras sujas, principalmente dentro de casa. A megera irá então procurar aquele que disse tais palavras e fazer com que se arrependa. É bastante comum que uma Desgraça Pelada também venha a punir a família ou os companheiros dessa pessoa.


Dificilmente a Desgraça irá atacar seu alvo diretamente. Sua intenção é prolongar ao máximo seu sofrimento, e ela jamais irá explicar o porquê de o estar incomodando, mas irá dar vários sustos e pragas e irá provocar vários desastres, até que sua vítima ou alguém da família acabe por falecer em meio às maldades ou até que a Desgraça Pelada apenas se canse e procure outro alvo.


Perceber Bocas Sujas. Uma Desgraça Pelada é capaz de sentir que uma pessoa disse uma heresia, palavrão ou obscenidade há vários quilômetros de distância, identificando também quem era a pessoa que disse e em que lugar ela falou. Palavras ditas dentro de casa ou em locais sagrados a deixam mais sedenta por punir o boca-suja.


Criatura maldita. A Desgraça Pelada não adentra locais sagrados e perde o interesse em famílias que façam rituais de penitência buscando redenção.


Convenções. Se a Desgraça Pelada fizer parte de uma convenção (ver a nota "Convenção de Bruxas", no Livro dos Monstros), seu nível de desafio sobe para em 5 (1.800 XP).


Desgraça Pelada

Feérico (Megera) médio, caótico e mau

 

Classe de Armadura: 16 (armadura natural)

Pontos de vida: 97 (13d8 + 39)

Deslocamento: 9 m

 

FOR DES CON INT SAB CAR

16 (+3) 12 (+1) 16 (+3) 12 (+1) 12 (+1) 14 (+2)

 

Perícias: Furtividade +5, Intimidar +3, Percepção +3

Resistência a danos: Psíquico

Sentidos: Visão no escuro 18 m, percepção passiva 13

Idiomas: Comum, Silvestre e Abissal

Desafio: 3 (700 XP) Bônus de Proficiência: +2

 

Aparência Horripilante. Qualquer humanoide que começar seu turno a até 9 metros da Desgraça Pelada e puder vê-la em sua verdadeira forma, deve realizar uma salvaguarda de Sabedoria CD 11, ficando amedrontada por 1 minuto se falhar. A criatura pode repetir a salvaguarda no final de cada um dos seus turnos, com desvantagem se a megera estiver na sua linha de visão, terminando o efeito sobre si, se obtiver sucesso. Se a criatura for bem sucedida no teste ou o se o efeito terminar nela, ela fica imune à Aparência Horripilante do Desgraça Pelada pelas próximas 24 horas.

A não ser que a revelação da aparência verdadeira da megera, tenha sido repentina, o alvo pode desviar seu olhar e evitar o salvaguarda inicial. Até o início do seu próximo turno, uma criatura que esteja desviando o olhar terá desvantagem nas jogadas de ataque contra ela.


Audição Apurada. Esta criatura tem vantagem em testes de Sabedoria (Percepção) que dependam da audição.


Conjuração Inata. A habilidade de conjuração do Desgraça Pelada é Carisma (CD de salvaguarda de magia 14). Ela pode conjurar, inatamente, as seguintes magias, sem necessidade de componentes materiais:

À vontade: Ilusão Menor, Traquinagem.

3/dia: Rogar Maldição.


Encontrar o Maldizente (1/dia). A Desgraça Pelada pode se teleportar para próximo de um humanoide que tenha praguejado no último minuto e que esteja até 10 km de distância. Ela aparece em um espaço desocupado que esteja entre 9 m e 18 m de distancia do alvo.

 

Ações:


Garras. Arma de Combate Corpo a Corpo: +5 para acertar, alcance 1,5 m, um alvo. Dano: 10 (2d6 + 3) pontos de dano cortante.


Mordida. Arma de Combate Corpo a Corpo: +5 para acertar, alcance 1,5 m, um alvo. Dano: 7 (1d8 + 3) pontos de dano perfurante.


Desgraçar. A megera pragueja um alvo a 18 metros dela. Se o alvo puder ouvi-la (embora ele não precise lhe entende-la), ele deve ser bem-sucedido em uma salvaguarda de Carisma CD 14. Se falhar, sofre 10 (3d6) pontos de dano psíquico e terá desvantagem na próxima jogada de ataque ou salvaguarda que ele fizer antes do fim do próximo turno dele.

 

Adapte a Desgraça Pelada para outros sistemas com nosso Grimório

 

Imagem: Paul Banister


Fontes de pesquisa:


SILVA, Miguel Patrício. Goiás Interior. Quem Tem Medo da Desgraça Pelada. In: <http://www.goiasinterior.com.br/conteudo/editorias/geral/espaco-cultural/quem-tem-medo-da-desgraca-pelada.html>. Acesso em 09 abr 2021, às 09:16.


Entrevista do Grimório Tropical com Miguel P. Silva, escritor cronista e pesquisador de cultura popular da Universidade do Cerrado - GO.


Entrevista do Grimório Tropical com Antonio C. A. Santos, pesquisador de cultura caipira.


Relatos recolhidos pelo Grimório Tropical com pessoas do estado de Alagoas, Goiás, Minas Gerais e Tocantins.







165 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo