top of page

Minhocão (D&D 5ª ed) - Bestiário Tropical pag. 099


O som dessa criatura emergindo lembra nitidamente um trovão. Ela é semelhante a uma gigantesca mistura de verme, peixe e cobra e é tão longa que é impossível medir seu comprimento com apenas um olhar. Seu orifício bocal tem 9 metros de diâmetro e seu corpo é revestido por uma grossa couraça óssea, com proeminências que lembram chifres ou escamas em algumas partes. Seus olhos são quase invisíveis, exceto nos raros momentos onde liberam fumaça e chamas esverdeadas.


Também conhecida como "minhocoaçu", essa forma de besta é a manifestação da fúria da natureza, de ações impiedosas e violentas. Ultrapassa 60 metros de comprimento e costuma viver embaixo da terra ou no fundo de rios, lagos e mares, dormindo por longos anos, acordando para buscar alimento e devorando animais e pessoas sem distinção. É comum que desperte durante períodos de fortes tempestades e que realize seus ataques durante a noite.


Sua presença é sentida através de tremores e desmoronamentos. Mesmo que a besta não chegue a ser vista, sua passagem por uma região é sentida pelas alterações na geografia local, criando desabamentos de terra, mudando o curso de rios, drenando charcos, destruindo plantações e derrubando casas e florestas. Quando ataca em cursos de água, devora a carga inteira e a tripulação de barcos e seus movimentos criam ondas capazes de alagar terras costeiras.



Minhocão

Elemental colossal, sem alinhamento

 

Classe de Armadura: 21 (armadura natural)

Pontos de vida: 348 (17d20+170)

Deslocamento: 15 m, escavação 15 m, natação 15

 

FOR DES CON INT SAB CAR

30 (+10) 10 (+0) 30 (+10) 2 (-4) 21 (+5) 14 (+2)

 

Salvaguardas: Int+2,Sab +11,Car +8

Perícias: Percepção +11

Resistência a Danos: Elétrico, gélido, trovejante; cortante contundente, e perfurante de ataques não-mágicos.

Imunidades a Danos: Ígneo e venenoso

Imunidades a Condições: Atordoado, caído, cego, envenenado, exausto, paralisado e petrificado.

Sentidos: Visão no escuro 18 m, sentido sísmico 18 m, Percepção passiva 21.

Idiomas: Nenhum

Desafio: 19 (22.000 XP) Bônus de Proficiência: +6

 

Anfíbio. Esta criatura é capaz de respirar ar e água.


Arma Mágica. Os ataques com armas do Minhocão são mágicos.


Escavador. O Minhocão pode escavar através de rocha sólida com metade do seu deslocamento de escavação e deixa um túnel de 4,5 metros de diâmetro para trás.


Monstro de Cerco. O Minhocão causa o dobro do dano a objetos e estruturas.


Movimento de Arrasar Quarteirão. Como uma ação bônus depois de se mover pelo menos 3 m no chão, o Minhocão pode enviar um choque onda através do solo em um círculo de 36 m de raio centrado em si mesmo. Essa área se torna terreno difícil por 1 minuto. Cada criatura no solo que está se concentrando deve ser bem sucedida em uma salvaguarda de Constituição CD 24 ou perderá a concentração.


Resistência à Magia. O Minhocão tem vantagem em salvaguardas contra magias e outros efeitos mágicos.

 

Ações:


Ataques Múltiplos. O Minhocão faz dois ataques: um ataque de mordida e outro de pancada.


Mordida. Ataque Corpo-a-Corpo: +17 para atingir, alcance 3 m, um alvo. Acerto: 28 (4d8 + 10) de dano perfurante. Se o alvo for uma criatura, ela fica agarrada (CD 25 para escapar). Até o agarrão acabar, o alvo fica impedido e o Minhocão não pode morder outro alvo.


Pancada. Ataque Corpo-a-Corpo: +17 para atingir, alcance 1,5 m, um alvo. Acerto: 26 (3d10 + 10) de dano perfurante.


Presença Paralisante. Cada criatura à escolha do Minhocão, que esteja a até 36 metros dele e esteja ciente disso deve ser bem sucedida numa salvaguarda de Sabedoria CD 18 ou ficará paralisada por 1 minuto. Uma criatura pode repetir a salvaguarda no final de cada um dos turnos dela, com desvantagem se o Minhocão estiver em sua linha de visão, terminando o efeito sobre si, caso obtenha sucesso. Se a salvaguarda de uma criatura for bem sucedida ou caso o efeito termine, a criatura ficará imune a Presença Paralisante do Minhocão pelas próximas 24 horas.

 
 

Imagem: Ric Milk


Fontes de pesquisa:


ALVES, Januária. Abecedário de Personagens do Folclore Brasileiro. 1ª Edição. São Paulo: FTD: SESC Edições, 2017.


CASCUDO, Câmara. Geografia dos Mitos. 1ª ed. São Paulo: Global editora. 2012.


FAGUNDES, Antônio Augusto. Mitos e Lendas do Rio Grande do Sul. 5ª edição. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1996.


MÜLLER, Fritz. “O Minhocão”. In: MÖLLER, Alfred (org.) Fritz Müller: Werke, Briefe und Leben. Abtellung 1: Arbeiten aus den Jahren 1844-1879. Tradução de Daniel Martineschen. Jena: Verlag von Gustav Fischer, 1914, 2019.


PINTO, Marilina. A Amazônia e o imaginário das águas. ENCONTRO DA REGIÃO NORTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SOCIOLOGIA.UFAM: Manaus, 2008.


SCHIEDECK, Gustavo et al. Aspectos culturais associados às minhocas no Brasil. Acta zoológica mexicana, v. 26, n. SPE2, p. 19-33, 2010.


TAUNAY, Affonso. Zoologia Fantástica do Brasil: Séculos XVI e XVII. São Paulo: Melhoramentos, 2011.





379 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page