Pilão de Fogo (D&D 5ª ed) - Bestiário Tropical pag. 059

Gostou do conteúdo? Apoie nosso projeto.


Um pesado pilão de madeira branca e ornamentos simbólicos, com mais de 100 quilos, aparece rodopiando e soprando fogo. Sua mão de pilão voa ao seu lado envolta em chamas. Se desloca rodopiando ou rolando e provoca um som ensurdecedor, capaz de ser sentido até mesmo na alma de quem o escuta, ao bater o bastão no fundo de sua cavidade.


Essa assombração tem origem em terras onde humanoides tenham sido forçados a trabalhar em regime de escravidão, moendo grãos, como café e milho, em imensos pilões de madeira, ao ponto de morrerem de exaustão. Com o tempo, aparições na forma de pilões malditos aparecem cuspindo o fogo do inferno, prontos a fazer sofrer qualquer um que se colocar em seu caminho.


Um pilão de fogo costuma vagar durante a noite por estradas ou centros de antigas cidades, atacando qualquer pessoa, animal ou objeto que encontrar, desde barracas de feira até viajantes desaviados. Evitam lugares consagrados por magias benignas e são, normalmente, solitários.


Pilão rolante. Essa criatura se desloca rolando ou rodopiando e destruindo tudo que estiver seu caminho, o que muitas vezes deixa um rastro fácil de localizar, dependendo do tipo de terreno, e pode ser bastante barulhento.


Perseguição. Ao localizar um alvo, o Pilão de Fogo não desiste até destruí-lo e incinerar seus restos, podendo persegui-lo até alcançá-lo ou até que o sol venha a nascer.


Pilão de Fogo

Morto-vivo médio, neutro e mau.

 

Classe de Armadura: 14 (armadura natural)

Pontos de vida: 65 (10d8 +20)

Deslocamento: 9 m (18 m rolando ladeira abaixo)

 

FOR DES CON INT SAB CAR

18 (+4) 9 (-1) 15 (+2) 6 (-2) 13 (+1) 6 (-2)

 

Resistências a dano: Contundente, cortante e perfurante de ataques não-mágicos.

Imunidade a danos: Ígneo e venenoso

Imunidade a condições: Amedrontado, cego, enfeitiçado, envenenado, exausto, paralisado, petrificado, surdo.

Sentidos: Percepção às cegas 18 m (cego além desse raio), Percepção passiva 11

Idiomas: Nenhum

Desafio: 4 (1.100 XP)

 

Investida Rolante. Se o Pilão de Fogo avançar pelo menos 6 metros em linha reta até um alvo e então atingi-lo com um ataque de pancada no mesmo turno, o alvo sofre 7 (2d6) de dano de contundente adicionais. Se o alvo for uma criatura, ela deve ser bem sucedida em uma salvaguarda de Força CD 16 ou será derrubada no chão.

 

Ações:


Pancada. Arma de Combate Corpo a Corpo: +6 para acertar, alcance 1,5 m, um alvo. Dano: 8 (ld8 + 4) ponto de dano contundente mais 7 (2d6) ponto de dano ígneo.


Rajada de Fogo. Ataque Magico à Distancia: +3 para acertar, distância 9/27 m, um alvo. Dano: 11 (2d10) ponto de dano ígneo.


Batida Aterradora. Cada criatura que esteja a até 6 metros do Pilão de Fogo deve ser bem sucedida em uma salvaguarda de Constituição CD 13 ou ficará surda por 1 minuto. Se falhar por 5 ou mais, a criatura também ficará atordoada. Uma criatura pode repetir a salvaguarda no final de cada um dos turnos dela, terminando o efeito sobre si caso obtenha sucesso. Se a salvaguarda de uma criatura for bem sucedida ou caso o efeito termine sobre ela, a criatura ficará imune à Batida Aterradora desse Pilão de Fogo pelas próximas 24 horas.

 

Adapte o Pilão de Fogo para outros sistemas com nosso Grimório

 

Imagem: Julia GMA (sigam ela)


Fontes de pesquisa:


CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 10ª ed. São Paulo: Ediouro, 1952.


GARCIA, Juliana. Minha Coleção De Mitos Do Folclore Brasileiro. 1ª Ed. São Paulo: Editora Caramelo, 2014.


TAVARES DE LIMA, Rossini. Mitos do Estado de S. Paulo. Revista do Arquivo Municipal Vol 117 - 120. São Paulo: Arquivo Municipal, 1947.


Paraitinga Turismo: Aventura & Descobertas. Lendas da Cidade. In: <http://www.paraitinga.com.br/slparaitinga/A_Cidade/Folclore/255/Lendas>. Acesso em 18 de Jan 2012.

147 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo