Porca dos Sete Leitões (D&D 5ª ed) - Bestiário Tropical pag. 079

Atualizado: 25 de mar.

Apoie também nosso projeto.


Um estrondante cavalgar é ouvido ao longe, misturando-se ao som de grunhidos, choro e lamúria. Vê-se correndo uma porca, grande como um boi, de longos cabelos e com uma mandíbula desproporcionalmente larga, com grandes dentes. Sua respiração solta pequenas chamas. Ao seu redor, vários pequenos leitões fantasmagóricos correm e voam, grunhem e choram com vozes humanas. Parecem ser sete leitõezinhos.


A mulher que seja amante de homem casado, tenha filhos com ele e mate ou aborte esses bebês ou a mulher que deixe morrer seus filhos para obedecer a um amante, ao morrer, se tornará uma porca gigante e grotesca, que correrá pelas noites, sempre depois da meia noite, acompanhada dos fantasmas de seus filhos, que carregam a maldição junto com sua mãe.


A criatura vaga pela eternidade, principalmente pelas estradas, atacando homens adúlteros ou cruéis, impedindo que outras moças sofram igual destino. Também é comum vê-la revirando a terra em cemitérios próximos de igrejas.


Fim da Maldição. Para cada filho que não chegou à idade adulta, a Porca terá consigo um leitãozinho fantasmagórico. Por algum motivo, é normal serem sete. A Porca cava, buscando achar o local onde cada um deles foi enterrado. Se o corpo for desenterrado e recebe um funeral correto, um leitão é purificado. Se todos os leitões forem purificados, a maldição da Porca enfim termina.


Caçadora de Homens Ruins. A Porca tem possui algum meio de sentir se homens já traíram ou agrediram uma mulher com a qual se tiveram uma relação. A Porca fará tudo que puder para dar a esses homens uma morte bem dolorosa e tentar proteger essas tais mulheres.



Porca dos Sete Leitões

Morto-vivo grande, caótico e mau

 

Classe de Armadura: 15 (armadura natural)

Pontos de vida: 104 (11d10 +44)

Deslocamento: 15 m

 

FOR DES CON INT SAB CAR

18 (+4) 14 (+2) 19 (+4) 8 (-1) 13 (+1) 15 (+2)

 

Salvaguardas: Con +7, Sab +4

Perícias: Percepção +4

Resistência a danos: Contundente, cortante e perfurante de ataques não-mágicos

Imunidade a danos: Venenoso

Imunidade a condições: Envenenado

Sentidos: Visão no escuro 18 m, percepção passiva 14

Idiomas: Nenhuma

Desafio: 7 (2.900 XP) Bônus de Proficiência: +3

 

Leitões Amaldiçoados. Sete leitões voam ao redor da Porca, em uma área até 9 m e a protegem. Qualquer criatura que entre nessa área pela primeira vez ou inicie o turno nela deve fazer uma salvaguarda de Carisma CD 12 ou sofrerá 17 (7d4) pontos de dano necrótico. Em caso de sucesso, sofre-se metade do dano.

Um clérigo que use Expulsar Mortos-Vivos pode afetar os leitões. Considere que eles tem salvaguardas iguais à Porca e metade do seu nível de desafio. Leitões expulsos somem por 1 minuto, Leitões destruídos são purificados e nunca mais retornam ao seu tormento. Um conjurador também pode usar Remover Maldição nos leitões para purificá-los. O dano deste efeito é reduzido em 1d4 para cada leitão expulso ou purificado.


Leitões Lamuriosos. Ao chegar a 18 m da Porca, o choro dos leitões fica tão intenso que qualquer criatura capaz de ouvi-los deve fazer uma salvaguarda de sabedoria CD 12, ou ficará atordoada durante 1 minuto. Uma criatura pode repetir a salvaguarda no final de seu turno para sair do efeito. Uma criatura bem sucedida ou que consiga sair do efeito fica imune a ele por 24 horas. Se não houver leitões, o efeito acaba.


Olfato Apurado. Esta criatura tem vantagem em testes de Sabedoria (Percepção) que dependam do olfato.


Visão Etérea. A Porca pode ver a até 18 metros no Plano Etéreo quando está no Plano Material, e vice-versa.

 

Ações:


Mordida. Arma de Combate Corpo a Corpo: +7 para acertar, alcance 1,5 m, um alvo. Dano: 15 (2d10 + 4) pontos de dano perfurante e o alvo deve fazer uma salvaguardada de Constituição CD 15. Se falhar, sofre 10 (3d6) pontos de dano necrótico e seu pontos de vida máximos são reduzidos em um valor igual. Se uma criatura tiver seu máximo de pontos de vida reduzida a 0, ela morre. Se o alvo for bem sucedido na salvaguarda, ele sofre apenas metade dos pontos de dano necrótico.


Baforada Infernal. Cada criatura dentro de um cone de 4,5 metros deve fazer uma salvaguarda de Destreza. Se falhar, sofre 14 (4d6) pontos de dano, ou metade do dano em caso de sucesso.


Forma Etérea. A Porca pode acessar o Plano Etéreo do Plano Material, ou vice-versa. Ela é invisível no Plano Material enquanto estiver na Fronteira Etérea, e vice-versa, além de não poder afetar ou ser afetado por nada no outro plano.

 

Reações


Esquiva Etérea. Se um oponente errar um ataque à distancia contra a Porca, ela pode ir para o Plano Etéreo em seguida. Ela retorna para o plano material no inicio de seu próximo turno em um quadrado até 4,5 m do seu ponto de origem.

 

Adapte a Porca dos Sete Leitões para outros sistemas com nosso Grimório

 

Imagem: Julia GMA (siga ela)


Fontes de pesquisa:


ALVES, Januária. Abecedário de Personagens do Folclore Brasileiro. 1ª Edição. São Paulo: FTD: SESC Edições, 2017.


ARAUJO; Alceu M. Estórias e Lendas de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Tomo II. 2ª edição. São Paulo: Edigraf. 1960.


CASCUDO, Câmara. Geografia dos Mitos. 1ª ed. São Paulo: Global editora. 2012.


HAUG, Martha Johanna. Folclore em Chapada dos Guimarães - MT. Coleção Pesquisa. v. 1. São Paulo: Escola de Folclore/Secretaria de Estado de Cultura, 1983.


SILVA, Joana Aparecida Fernandes. Relações ecológicas e seres fantásticos. Projeto História: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados de História, v. 22. São Paulo: PUC, 2001.


TAVARES DE LIMA, Rossini. Mitos do Estado de S. Paulo. Revista do Arquivo Municipal. Vol 117 - 120. São Paulo: Arquivo Municipal, 1947.




157 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo