Santo do Pau Oco (D&D 5ª ed) - Itens de Vera Cruz pag. 003

Santo do Pau Oco

Item maravilhoso, raro


Estas estátuas eram comuns em períodos onde haviam altos impostos sobre a mineração de metais e pedras preciosas, usadas para contrabandear o material sem passar pelo fisco da coroa. Suas dimensões variam de 50 cm a 1 m e o peso de de 5 a 15 kg, conforme seu tamanho, independente de seu conteúdo. A estátua é feita de madeira, possui a imagem de alguma divindade ou herói antigo e é oca por dentro, mas possui um espaço interior diferente de suas dimensões exteriores.


Em seu fundo, há uma abertura camuflada onde podem ser inseridos objetos. A estátua pode comportar até 400 quilos, não excedendo um volume de 20 metros cúbicos. Um objeto maior do que a abertura pode ser inserido no bolsão se você desenhar uma runa específica no objeto, que deve estar a até 1,5 m da estátua, e repetir as palavras mágicas ou orações específicas à entidade representada durante um minuto. Ao final, o objeto é sugado para dentro do bolsão.


Recuperar um item da estátua requer uma ação. Se a estátua for sobrecarregada, quebrada ou rachada, ela se rompe e é destruída. Seu conteúdo é espalhado pelo Plano Astral. Criaturas que precisam respirar podem sobreviver dentro da estátua por um número de minutos igual a 10 dividido pela quantidade de criaturas (mínimo 1 minuto) e depois começarão a sufocar.


A estátua possui a magia Aura Mágica de Nystul conjurada permanentemente sobre si. Qualquer magia de detecção usada no Santo do Pau Oco sempre vai mostrar que é apenas uma estátua não mágica e ela não aparenta ser oca por dentro. Para encontrar a abertura do bolsão, é necessário ser bem sucedido em um teste de Inteligência (Investigação) CD 17.


Colocar um santo do pau oco dentro de um espaço extra dimensional criado por uma sacola prestativa de Heward, um buraco portátil ou item similar destruirá instantaneamente ambos os itens e abrirá um portal para o Plano Astral. O portal se origina onde um item foi colocado dentro do outro. Qualquer criatura a até 3 metros do portal é sugada para dentro dele e arremessada num local aleatório no Plano Astral. O portal então se fecha. O portal é de via única e não pode ser reaberto.


Imagem de João Azevedo, do projeto Terra de Vera Cruz.

180 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo