Isquelê (D&D 5ª ed) - Bestiário Tropical pag. 080

Essa criatura foi escolhida pelos nossos apoiadores. Apoie também nosso projeto.


Uma luz forte e inconstante surge do chão. O crepitar de fogo se mistura ao alto som de ossos estalando com o calor e o movimento. Um esqueleto de olhos vermelhos emerge da terra, com seu corpo banhado de fogo. Em sua cabeça há uma vela, branca e pura, com uma chama muito forte para o seu tamanho.


Encruzilhadas são locais poderosos. Enterrar corpos nestes locais de poder, principalmente se receberam um rito funerário incompleto, pode gerar esse tipo de morto-vivo, sem mente ou qualquer outro propósito que não o de atacar e devorar a carne de qualquer um que transite próximo a estes locais durante a noite.


O nome "isquelê" certamente é uma corruptela de "esqueleto". Essas criaturas são selvagens e normalmente utilizam pouca estratégia e muita violência, avançando correndo em direção aos seus alvos.


Repouso da cova. Durante o dia, suas chamas se apagam e o isquelê dorme dentro de sua covas ou em algum buraco que tenha cavado próximo a sua encruzilhada. Isquelês são hábeis escavadores, podendo cavar sua saída em segundos se for necessário. A criatura tem vantagem em testes para cavar.


Natureza morta-viva. Essa criatura não respira e não precisa dormir, comer ou beber.



Isquelê

Morto-vivo médio, caótico e mau

 

Classe de Armadura: 15 (armadura natural)

Pontos de vida: 104 (11d10 +44)

Deslocamento: 15 m

 

FOR DES CON INT SAB CAR

18 (+4) 14 (+2) 19 (+4) 8 (-1) 13 (+1) 15 (+2)

 

Vulnerabilidade a danos: Contundente

Resistência a danos: Necrótico, radiante

Imunidade a danos: Ígneo, venenoso

Imunidade a condições: Envenenado, exausto

Sentidos: Visão no escuro 18 m, percepção passiva 10

Idiomas: Nenhuma

Desafio: 1 (200 XP) Bônus de Proficiência: +2

 

Iluminação. A criatura emite luz plena num raio de 3 metros e penumbra por mais 3 metros adicionais.

 

Ações:


Garras. Arma de Combate Corpo a Corpo: +5 para acertar, alcance 1,5 m, um alvo. Dano: 6 (ld6 + 3) pontos de dano cortante mais 3 (ld6) pontos de dano ígneo.

 

Adapte ao Isquelê para outros sistemas com nosso Grimório

 

Imagem: Sérgio Santos


Fontes de pesquisa:


ALVES, Januária. Abecedário de Personagens do Folclore Brasileiro. 1ª Edição. São Paulo: FTD: SESC Edições, 2017.


CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 10ª ed. São Paulo: Ediouro, 1954.


GARCIA, Juliana. Minha Coleção De Mitos Do Folclore Brasileiro. 1ª Ed. São Paulo: Editora Caramelo, 2014.




132 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo